23 de março de 2008

Pega um, pega geral... Também vai pegar você!!!

Pegando uma caroninha no post do Phernando...


Como se não bastasse ter que correr de bala perdida, cá estamos, no Rio, a fugir de tudo que é mosquito que resolve aparecer na nossa frente! Vamos vivendo o nosso melhor momento Matrix... Desvia de lá, desvia de cá... Uma belezoca! Ai, que saudades eu tenho, da aurora da minha vida, da minha infância querida, onde dengue nada mais era que um dos ajudantes de palco da Xuxa!!!
Eu tô parecendo uma doida, Baygon numa mão, repelente na outra, ventilador em cima de mim o dia todo e com a casa parecendo um terreiro de macumba, de tanta vela de citronela acesa... É, minha gente, eu moro na Zona Oeste, mais precisamente em Jacarepaguá. Agora, vejam só, que animador:

O prefeito do Rio, Cesar Maia (DEMO), admitiu nesta sexta-feira que o bairro de Jacarepaguá, na zona oeste, enfrenta uma epidemia de dengue. "Houve uma contração em Jacarepaguá. Com os exames de fins de janeiro e fevereiro chegando, poderemos confirmar que sim [há epidemia], em Jacarepaguá."
(fonte: Folha Online)

eek E agora, José? Quando eu aluguei o apê não tinha nada de epidemia no contrato. Afff... Será que rola uma recisão? Falando sério: tem epidemia, e eu NUNCA vi um fumacê passando por aqui... NUNCA! E desde que eu me mudei pra cá, nenhum agente veio colocar remédio nos ralos, essas coisas... E a quantidade de obra e terreno vazio desse bairro é impressionante.
Já pensou se eu fico dengosa??? Ui! Ninguém merece!!!



arrow ... que o termo dengue é derivado da frase swahili "ki dengu pepo", que descreve os ataques causados por maus espíritos?

arrow ... que a dengue foi trazida para o continente americano a partir do Velho Mundo, com a colonização no final do século XVIII? (Malditos europeus... vieram pra cá e só fizeram merda!)

arrow ... que a dengue é transmitida através da picada de uma fêmea contaminada do Aedes aegypti, pois o macho se alimenta apenas de seiva de plantas?

arrow ...que um único mosquito desses em toda a sua vida (45 dias em média) pode contaminar até 300 pessoas?

arrow ...que atualmente, a dengue é a arbovirose mais comum que atinge o homem, sendo responsável por cerca de 100 milhões de casos/ano em população de risco de 2,5 a 3 bilhões de seres humanos?

arrow ... que a Febre Hemorrágica da Dengue (FHC ...ops... FHD) e Síndrome de Choque da Dengue (SCD) atingem pelo menos 500 mil pessoas/ano, apresentando taxa de mortalidade de até 10% para pacientes hospitalizados e 30% para pacientes não tratados?
(fonte: Wikipédia)


Pois é, povo... e o Aedes aqui não anda economizando, já tá mandando o FHC (ai! de novo!) a FHD direto e reto!!!

No final das contas eu quero ver quem é que mata mais:
fuzil ou mosquitinho???


Humpf!




Se você veio de outro planeta e não faz idéia do que é que eu tô falando, lê essa bodega que eu surrupiei daqui.


Como se pega Dengue?

A Dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Ele é muito pequeno, mas fácil de identificar pelos seus hábitos.

Como é o mosquito?

  • É escuro e rajado de branco.
  • É menor que um pernilongo comum.
  • Pica durante o dia
  • Se desenvolve em água parada e limpa.

Sintomas

Os seguintes sintomas podem fazê-lo suspeitar de Dengue:

  • Dor de cabeça;
  • Dor nos olhos;
  • Febre alta muitas vezes (passando de 40 graus);
  • Dor nos músculos e nas juntas;
  • Manchas avermelhadas por todo o corpo;
  • Falta de apetite;
  • Fraqueza;
  • Em alguns casos, sangramento de gengiva e nariz.

Tratamento

A pessoa com Dengue deve ficar em repouso, beber muito líquido e só usar medicamento para aliviar as dores e a febre, mas sempre com indicação do médico. A pessoa não pode tomar remédios à base de ácido acetilsalicílico, como, por exemplo, a aspirina e o AAS.

Como evitar a doença?

A única maneira de evitar a dengue é não deixar o mosquito nascer. Para isso, é necessário acabar com os criadouros (lugares de nascimento e desenvolvimento dele). Ou seja: não deixe a água, mesmo limpa, ficar parada em qualquer tipo de recipiente como:

  • Garrafas;
  • Pneus;
  • Pratos de vasos de plantas e xaxim;
  • Bacias;
  • Copinhos descartáveis.

Também não se esqueça de tapar:

  • Caixas d'água;
  • Cisternas;
  • Tambores;
  • Poços;
  • Outros depósitos de água.

Dicas:

  • Lave bem os pratos de plantas e xaxins, passando um pano ou uma bucha para eliminar completamente os ovos dos mosquitos. Uma boa solução é trocar a água por areia molhada nos pratinhos.

  • Limpe as calhas e as lajes das casas.

  • Lave bebedouros de aves e animais com uma escova ou bucha; e troque a água pelo menos uma vez por semana.

  • Guarde as garrafas vazias de cabeça para baixo.

  • Jogue no lixo copos descartáveis, tampinhas de garrafas, latas e tudo o que acumula água. Mas atenção: o lixo deve ficar o tempo todo fechado.

Medicamentos a base de Ácido acetil salicílico

São medicamentos que devem ser evitados em caso de suspeita de dengue, uma vez que podem causar sangramentos e acidose. A seguir são enumerados todos os medicamentos que contém Salicilato em sua composição:

Clica aí pra ver qual é!


15 comentários:

Edson 23 de março de 2008 21:29  

Caramba! Coloca na sua casa aqueles mosquiteiros que tem em berço de criança! Talvez resolva.

Aqui em Sampa os problemas são: trãnsito, poluição e José Serra.

Não sei quem esta pior (aliás, eu sei, e é você).

Beijão

Juliana Freitas 23 de março de 2008 22:12  

A mim, só resta rezar... =/ Se é que adianta!

Zoltan 24 de março de 2008 03:36  

Aqui em Brazólia já morreram alguns na epidemia. Mas as autoridades foram espertas, dizendo que eles contrairam isso no "mato" de GO.
Enfim...
Não fique dengosa juliana. Se sua mãe já te liga toda hora por causa de uma gripe, quem dirá o dia que acontecer um treco desses. Acho que ela pira nheim...
Se cuide. =****

Kallango 24 de março de 2008 09:09  

Ficar mais ainda?
Uiiii...

Du 24 de março de 2008 09:55  

Nossa Ju, eu tenho acompanhado as notícias e a coisa não tá fácil mesmo!As pessoas sentem os sintomas, procuram os postos de saúde e ficam durante horas na fila de espera para o atendimento, isto quando não são mandados de volta pra casa!Aff..
Aqui no RGS o índice também é alarmante, mas não chega perto do que acontece no Rio, o problema é que se a coisa continuar assim fora de controle, logo logo isso vai espalhar geral. Fico preocupada, tenho amigos muito queridos aí no Rio... :(

Se cuida, viu?

Beijão

Paty Maionese 24 de março de 2008 10:47  

Tô acompanhando pela tv o perrengue que vocês tão passando aí por causa do mosquito total flex.
Minha prima que mora aí no Rio e pouco sai de casa diz que ainda bem que ela mora num andar bemmmmm alto e que devem existir poucos mosquitos atletas por aí.

Amigao 24 de março de 2008 11:39  

Ai meus sais, e como estão as coisas lá em Campo Grande, Paciencia, Santa Cruz...? Meu povo tá tudo por lá.

Juliana Freitas 24 de março de 2008 13:08  

Sei não, Amigão... Feio mesmo está por aqui!!! =S

NANA 24 de março de 2008 14:10  

Por isso que eu digo e repito: Adoro esse bairro maravilhoso.
É tão escondido que nem o mosquito quis ficar aqui.
Nunca fui tão feliz! =P
Bjs.!

O ANTAGONISTA 24 de março de 2008 15:01  

É definitivamente uma VERGONHA ter mortes em pleno século XXI, na segunda maior cidade do país, por conta de uma doença transmitida por um mosquito... não há coisa mais subdesenvolvida que isso!

Valeu!

Maria Luiza 24 de março de 2008 16:55  

ah, eu já tive dengue...mata não...
Olha eu aqui.Vivinha!!

Georgia 24 de março de 2008 17:22  

O fumacê é um troço controverso... além de matar "alguns" mosquitos (os que entram em "contato imediato" com a fumaça) mata também alguns pássaros que se alimentam... de insetos! Ou seja: o homem mete o dedo sujo na natureza e desequilibra tudo, inclusive a cadeia alimentar que mantém cada coisa no seu lugar (ou mantinha...)
O Rio tá furnicado e mal pago mesmo. Sexta teve um agente de saúde aqui em casa. Fui pegar o papelinho pra ele assinar e percebi que a última visita foi em 2004! 8 anos! As coisas só funcionam no tranco, as otoridades só se mexem depois que a vaca já atolou no brejo...

Márci 24 de março de 2008 20:11  

É...tem que se cuidar mesmo meo...o negócio tá brabo...Não saia de casa sem repelente !

Agora pensa colega, vcs têm que correr da dengue, mas imagina nóis aqui que não temos para onde correr...é trânsito pra tudo quanto é lado ! kkkkkkkkk
[/piada sem graça]

Anônimo,  26 de março de 2008 21:24  

Alternativa para quem quer afugentar o mosquito e não encontra repelente: drágeas de complexo B, afugentam todos os mosquitos por que é eliminada no suor. Recomendação dos pediatras e médicos preocupados com a epidemia que assola o País.

Postar um comentário

Anda, desembucha!

Minha lista de blogs

Para divulgar o blog

LinkLog Está no seu 

momento de descanso né? Entao clique aqui! Colmeia: O melhor dos blogs Link-Me Vagabundiando

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR